segunda-feira, 2 de junho de 2014

MINERAIS EXTRAFÍSICOS

      No início de maio, tive um sonho muito interessante intrigante.
Eu cheguei a um local onde estava exposto um material muito diferente. Era uma placa em que havia um núcleo mais ou menos circular, formado por um mineral preto, parcialmente envolvido por outro mineral, este dourado.
A partir daquele núcleo saíam, em todas as direções, hastes meio irregulares do mesmo mineral preto.
Era um conjunto estranho e ao mesmo tempo muito interessante. Nunca vi algo similar e não sei se isso existe na natureza, mas, é claro, não se pode duvidar disso.
Não sei também se o local onde a peça estava exposta era loja ou exposição. Mas, sei que ela estava à venda e que, paradoxalmente, não me interessei em comprar, supondo, eu acho, que seria muito cara.
Junto a ela, dois professores universitários, geólogos, admiravam o material. Eram um homem e uma mulher, e foi o homem que, vendo meu interesse, disse o nome do mineral dourado. Era um nome complicado, que não entendi bem e que, ao despertar, não consegui lembrar.
Este preto eu não sei o que é, acrescentou ele.
Acordei intrigado com aquilo e por vários dias lembrei-me do sonho, recordando nitidamente como eram os minerais. Para que eu não viesse a se traído pela memória no futuro, depois de uma semana mais ou menos desenhei o que eu havia visto, numa folha de papel, como se vê abaixo.

       O desenho foi feito em um papel comum, uma folha A4 que peguei na minha impressora; por isso resolvi pedir à minha amiga Jeanine Sallenave, que é artista plástica, que o reproduzisse no mesmo tamanho, mas com tinta. Eu teria a imagem numa reprodução muito mais durável e a guardaria para – quem sabe? – comparar no futuro com alguma coisa pelo menos parecida que viesse a surgir.

Minha amiga aceitou a encomenda e entreguei-lhe o desenho.
Bem, até aí estávamos ambos, ela e eu, digamos, com os pés no chão. Eu tivera um sonho intrigante, mas todos sabem que sonhos são sonhos; neles podem acontecer as coisas mais absurdas como se fosse algo absolutamente normal e natural. Depois dele, eu simplesmente pedira à minha amiga que reproduzisse o desenho que eu fizera, usando materiais mais duráveis.
Acontece que a Jeanine, além de artista plástica, é médium e a única pessoa que eu conheço que trabalha com psicopictografia, que é a pintura ou desenho durante atividade mediúnica. E no dia 17 de maio, seis dias depois de eu haver lhe entregue o desenho e antes que ela o reproduzisse, a Jeanine desenhou a gravura abaixo, durante uma sessão mediúnica, na Sociedade Beneficente Espírita Amor e Luz.


            Ela assemelha-se obviamente ao meu desenho, mas traz, em baixo e à esquerda, uma explicação sobre a formação e a natureza dos minerais do meu sonho. Diz o texto recebido pela Jeanine, escrito ao lado do desenho: Não são dois minerais, mas um, com centro iluminado de energia moldável e o exterior duro.
            Essa informação é muito interessante e permite várias considerações.
            1º Não se trata de dois minerais diferentes, como no meu sonho, mas um só, em dois estágios de formação.
            2º O centro iluminado de energia moldável poderia ser um material de origem vulcânica, ainda em estado de fusão, daí ser iluminado e moldável.
            3º As porções de cor preta, ou seja, o exterior duro, seria a mesma substância já resfriada e solidificada. Isso faz sentido, porque o resfriamento e consolidação da lava ocorrem da superfície para o interior.
            4º A forma do núcleo amarelo lembra claramente uma pedra preciosa com lapidação brilhante, mas isso eu não sei explicar, já que se trata de material em fusão; já a forma das porções escuras poderia muito bem ser consequência de um resfriamento rápido. A obsidiana, por exemplo, que na maioria das vezes é preta ou pelo menos escura, é um vidro natural que se forma por resfriamento rápido da lava vulcânica. Esse processo permite que ela assuma formas irregulares, ou que forme glóbulos ou até mesmo finos filamentos, conforme já pude ver nos vulcões do Havaí, onde os glóbulos são chamados de lágrimas de Pele e os filamentos, cabelereira de Pele (Pele é a deusa dos vulcões na mitologia havaiana).

            Concluindo: não sei se o que eu vi no meu sonho existe, mas, depois de ver o desenho feito pela Jeanine, essa possibilidade passou a ser bem mais concreta. 

9 comentários:

  1. Jeanine me disse que, à medida que ia lendo este texto, mais ia aumentando sua convicção de que existe na natureza o mineral que eu vi em sonho.

    ResponderExcluir
  2. Muito legal! Vamos esperar acha-lo agora!

    ResponderExcluir
  3. ou poderá ser um novo mineral ainda não descoberto... algo para auxiliar nosso processo evolutivo.
    eu sempre chamei minerais de luz cristalizada e acredito nisso!
    abraço Pércio, continue "sonhando".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei do "luz cristalizada", Luciane. Bela comparação.

      Excluir
  4. Professor Pércio, provavelmente o senhor, durante o sonho, esteve em contato com o plano espiritual onde a matéria existe, porém de um maneira mais sutil. Com certeza este mineral faz parte de lá, com uma estrutura molecular que de nada se parece com os minerais os quais são encontrados e ainda estão por ser encontrados no plano terrestre. Seria como o nosso perispírito, que nos mantem em contato com os dois planos (espiritual e terrestre) após o nosso desencarne.
    Como a Luciane escreveu ai acima: "continue sonhando" Prof. Pércio.
    abraço.
    Fernando

    ResponderExcluir
  5. Obrigado, Fernando.
    Eu acho que pode ser, sim, um mineral que ainda não foi descoberto aqui na Terra, mas que existe. Todos os anos são descobertas algumas dezenas de espécies novas.
    E pode ser algo que só existe no plano espiritual por que não ? Lá há cores e sons que não temos aqui. Ou temos mas não conseguimos perceber.
    Meus melhores sonhos são com descobertas de minerais bonitos. Mas estranho como este foi a primeira vez.

    ResponderExcluir
  6. Vi hoje, no Facebook, uma foto de uma associação de coríndon com rutilo que de cara me lembrou muito o mineral do meu sonho. Vejam em https://www.facebook.com/AmazingGeologist/photos/a.398226493604029.92268.398222836937728/701000693326606/?type=1&theater

    ResponderExcluir